Entrevista Dra. Jessica

Olá internauta do Jornal Atualidade, meu nome é Tatiana Silva e hoje eu vou bater um papo com a nutricionista Jessica Geronymo, ela que é formada em nutrição e tem duas especializações, uma das ocupações dela é atender seus pacientes em casa e ela também é voluntaria na APAE. 

Jornal Atualidade: Como é a Jessica em casa, como profissional? 

Dra. – Eu tenho três filhos, dois meninos, o Henrique de um ano e meio, o Pedro de seis anos e eu tenho uma filha adotiva, a Ana que vai fazer nove anos. Nós temos que ser exemplos para os nossos filhos, então assim em casa eu tento manter o mais próximo do saudável, então assim, comidas rápidas, industrializadas e refrigerantes eu tento oferecer só em fim de semana ou em festas e ocasiões especiais, e no dia a dia não deixo faltar uma fruta com fácil acesso, legumes e verduras, sempre incentivando seu consumo. Todos os dias ingerir um derivado ou fonte de cálcio, que seria os leites ou iogurtes. Uma melhor alimentação já se começa no mercado, vocês que tem criança, evitem comprar bolachas recheadas, tente trocar por uma opção mais saudáveis. 

JÁ – Esses biscoitos fit que se dizem integrais, eles são bons mesmo?  

Todo biscoito tem carboidrato, a diferença está no carboidrato, comparando o biscoito água e sal e um fit, que seria o integral, o de a água e sal é um carboidrato simples, então quando nós o ingerimos, rapidamente se transforma em açúcar e vai pra corrente sanguínea. Já o fit, por ser integral e já ser um carboidrato composto, ele demora pra fazer essa digestão, o índice glicêmico dele não sobe rapidamente na nossa corrente sanguínea, então ele dá mais sensação de saciedade e as fibras não somente para ajudar no bom funcionamento do intestino, mas também ajuda na absorção de gordura e eliminação nas fezes.

JÁ – E como você se interessou pela área nutricional?

Então, ai já vem um pouco pra minha parte pessoal né, quando eu tinha 16 anos eu tive um transtorno alimentar, que se chama anorexia nervosa, cheguei a pesar 39 quilos, fiquei sem cabelo, sem unha e tive que fazer um tratamento com profissionais, e devido a esse transtorno, com 16 anos eu tinha aquela mania de ler rótulos de alimentos e com 17 anos quando entrei na faculdade eu já sabia que um pãozinho francês tinha 134 calorias, já entrei sabendo quais as frutas que tinha mais calorias, até mesmo por esse transtorno alimentar que eu tive. Antes de pensar em ser nutricionista eu queria ser veterinária, tenho um amor muito grande pelos animais, mas por conta dessa doença, que deu uma reviravolta na minha vida, optei pela nutrição. 

JÁ – Você acha que essa parte clínica que você teve tão cedo te influenciou a seguir na área de nutrição clínica? 

O que na verdade me motivou muito a ser nutricionista clínica foi minha filha adotiva, ela é crônica e tem uma síndrome rara que chama catel manzke e ela se alimenta por uma sonda gástrica, eu a conheci porque trabalhava nessa UTI que ela mora ,até hoje, e ela tinha uma desnutrição muito importante, então através da minha filha foi onde eu me incentivei a fazer a especialização em nutrição clínica. 

JA – Você fez a pós em que ano? 

Eu me finalizei a pós em 2019, na UBC (Universidade Brás Cubas) em Mogi das Cruzes. 

JA – E você tem alguns pacientes agora na pandemia na área clínica em home care ? 

Quase 40, na parte de home care (serviço a domicilio) fora os outros lugares que eu atendo.  

JA – E você acha que durante a pandemia aumentou? 

Muito, antes da pandemia as pessoas tinham mais conforto de procurar um especialista, ou qualquer ajuda na clínica e em um hospital, agora na nossa realidade, as pessoas não querem mais correr esse risco de tirar essa pessoa que já é mais propicia de pegar o coronavirus e evoluir pra algo mais serio, então é muito mais viável um profissional tomar todos os cuidados e ir até o local fazer esse atendimento. 

JA – E na parte da alimentação, você acha que durante a pandemia as pessoas como ficaram em casa, priorizavam preparar uma coisa mais saudável ou ir para o lado das entregas fáceis?

Então, acho que nós nutricionistas vamos ter mais serviço quando tudo isso acabar, por vários fatores. Primeiro, nós ficamos muito com a parte psicológica abalada, então muitas pessoas adquiriram a ansiedade por conta de tudo que nós estamos vivendo, e com ansiedade as pessoas tendem a comer mais,  quando parou tudo e tiveram que trabalhar em home office, as pessoas já ficaram um período maior em casa e acabavam comendo em maior quantidade e ganhando peso, e sem poder fazer exercícios o que dificultava mais as coisas, logo, não podendo sair, o mais perto do lazer era pedir uma comida diferente, com tudo isso o fest food acabou aumentando muito. 

JA – Você acha que vai ter mais procura por nutricionistas agora ? 

Com certeza, principalmente crianças já que não foram para a escola e em casa acabam ficando no celular ou na televisão e comendo. 

JA – E durante a pandemia, qual dica você pode dar para a pessoa continuar sem mantendo saudável mesmo com essas restrições? 

Então, na parte da alimentação é sempre bom procurar comidas menos industrializadas possível, leite e iogurtes, sempre bom comprar semi desnatado porque pelo menos nessa parte de absorção de cálcio, já consegue tirar um pouco de gordura e a parte da mistura, da proteína com nosso arroz e feijão, optar por um frango sem pele ou uma carne vermelha magra. Evitar embutidos como, salsichas e linguiças, que além de ter muito corante e conservante, também tem muita gordura, é bom abusar mais do peixe, evitar frituras e dar mais prioridade pro assado ou cozido, bom preferir uma fruta que tem uma atividade de água maior como a melancia. E se possivel, trocar os carboidratos ruins pelos compostos. 

JA – E você acredita que existe um equilibrio, manter uma dieta na semana e dar uma escapada nos fim de semana? 

Eu acredito que todo mundo tem que ter vida social, isso eu levo até para os meus filhos, não vou levar eles para uma festinha infantil e deixar comer um salgadinho, um pedaço de bolo e um copo de refrigerante, eles são crianças. E com a gente não é diferente, temos que ter nosso momento de lazer, mas lógico que tudo com cautela. 

JA – Você acredita nessas dietas malucas que alguns atletas falam ?

Então, perder muito peso em um curto período de tempo não é saudável, quando falamos da parte esportiva, algumas coisas tem que ser levada em consideração, dando exemplo de luta, um lutador tem que lutar com alguém da mesma categoria de peso que ele então tem um curto período de tempo pra chegar nesse peso sendo assim é possível trabalhar com uma dieta mais restritiva, mas no dia da luta essa pessoa precisa ingerir carboidrato pra ter forças pra luta. Agora vamos supor, um outro quadro clinico, uma pessoa de 100 quilos que quer emagrecer pra entrar em um vestido em um mês pesando 80 quilos, eu não aconselho, isso não é saudável. Um conselho que eu dou, se você quer emagrecer, ganhar peso ou tiver algum problema de saúde, nunca faça nada sem acompanhamento médico.

JA – E como é o seu trabalho voluntario na APAE ?

A APAE de Biritiba já funciona aqui na cidade há um tempo, eu já estou lá vai fazer dois anos e antes nós não tínhamos um nutricionista, então recebi um convite, porém nossa APAE é filantrópica então eu aceitei ajudar sem cobrar nada até mesmo pra poder ajudar nossas crianças especiais aqui do município de Biritiba a ter uma alimentação mais saudável. 

Quer deixar alguma mensagem ? 

Quero agradecer pelo convite e reforço a população, se caso precise de um profissional tanto pra tratar de uma patologia ou na parte estética que procure um profissional capacitado, que nunca tentem se medicar sozinhos, nós profissionais estamos ai pra isso. E se causo alguém queira se consultar comigo, pode entrar em contato pelo meu whatzap.      

Vero eos et accusamus et iusto odio dignissimos ducimus qui blanditiis praesentium voluptatum deleniti atque corrupti quos dolores et quas molestias excepturi sint occaecati cupiditate non provident
Lexie Ayers
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

The most complete solution for web publishing

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.

Tags

Share this post:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro + nove =

Category
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit eiusmod tempor ncididunt ut labore et dolore magna